Siga-nos:
               Central de atendimento 24h: 11 9586-90578 11 4750-1346
Blog » Mosquitos no Verão: Saiba Como Evitar o Aedes aegypti

Mosquitos no Verão: Saiba Como Evitar o Aedes aegypti

Temperaturas elevadas, chuvas intensas, calor e umidade certamente formam o cenário perfeito para a proliferação de mosquitos no verão. É o caso, por exemplo, do famoso – e perigoso – Aedes aegypti, mosquito transmissor de doenças como zika, dengue, febre amarela e chikungunya. A boa notícia é que é possível evitá-lo de forma simples, além do serviço de dedetização.

Qual é a doença que o Aedes aegypti transmite?

Mosquitos são insetos alados, da família dos Culicídeos, e podem ser encontrados no mundo todo. O grande problema relacionado aos mosquitos é o potencial que esses insetos apresentam de transmitir sérias doenças ao homem e aos animais domésticos.

O Aedes aegypti, por exemplo, é um dos mosquitos mais famosos porque é transmissor de doenças graves, como a zika, a dengue, a febre amarela urbana e a chikungunya.

Zika

Vírus transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypti, causa dor de cabeça, febre baixa, dores leves nas articulações, manchas vermelhas na pele, coceira e vermelhidão nos olhos.

Dengue

Doença infecciosa febril aguda, a dengue causa febre, dor de cabeça, dores pelo corpo, náuseas e, nos casos de dengue hemorrágica, manchas vermelhas na pele, sangramentos (nariz, gengivas), dor abdominal intensa e contínua e vômitos persistentes.

Chikungunya

Doença viral, a chikungunya causa febre alta de início rápido, dores intensas nas articulações dos pés e mãos, além de dedos, tornozelos e pulsos, assim como dor de cabeça, dores nos músculos e manchas vermelhas na pele.

Febre amarela

O Aedes aegypti é o único transmissor da febre amarela urbana, doença que causa febre, dor de cabeça, náuseas e vômitos e, em casos graves, pode desencadear problemas cardíacos, hepáticos e renais fatais.

Como se vê, a preocupação com a proliferação do Aedes aegypti não é à toa. Para evitar a presença do inseto existem, basicamente, duas frentes de atuação.

Como evitar o Aedes aegypti e demais mosquitos no verão?

Como evitar o Aedes aegypti e demais mosquitos no verão?

As ações voltadas para prevenção e combate ao Aedes aegypti envolvem esforços públicos e privados. No combate aos mosquitos no verão, incluindo o Aedes, a manutenção das áreas públicas e privadas e a dedetização dos ambientes fazem toda a diferença.

Manutenção de áreas públicas e privadas

Para evitar o Aedes aegypti, popularmente conhecido como mosquito da dengue, a população e as autoridades públicas devem “colocar a mão na massa”.

  • Manter os ralos fechados.
  • Não deixar água parada.
  • Manter os lixos bem vedados.
  • Colocar areia nos pratos de plantas.
  • Limpas as calhas e cobrir as piscinas.
  • Manter a caixa d’água limpa e fechada.
  • Cobrir cisternas e reservatórios de água.
  • Manter pneus guardados e livres de água.

Dedetização (controle de pragas urbanas)

A dedetização e o controle de pragas urbanas também é uma medida imprescindível no combate aos mosquitos no verão, especialmente o Aedes aegypti. A prática consiste na aplicação de venenos através, por exemplo, da pulverização de um inseticida líquido no ar que vira uma fumaça que elimina os mosquitos.

Livre-se do mosquito da dengue com a Kazumo

A Kazumi é especialista em dedetização e controle de pragas urbanas. Utilizamos técnicas de alta qualidade e extrema segurança para evitar a proliferação de espécies nocivas ao homem. Entre em contato e solicite um orçamento.

Leia mais

Olá!

Gostaria de receber uma ligação?

NÓS TE LIGAMOS Informe seu telefone que entraremos em contato o mais rápido possível.
Gostaria de agendar e receber uma chamada em outro horário?
Deixe sua mensagem! Entraremos em contato o mais rápido possível.
11 4750-1346