Siga-nos:
               Central de atendimento 24h: 11 9586-90578 11 4750-1346
Blog » Descubra quais são os tipos de redes de esgoto

Descubra quais são os tipos de redes de esgoto

Mesmo que presente no dia a dia de todos os seres humanos, as redes de esgoto são, em grande parte, negligenciadas e deixadas de lado. Esse sistema exerce um papel de extrema relevância para nossa qualidade de vida e saúde coletiva. A existência da rede de esgoto, como conhecemos hoje, vai muito além do simples escoamento de água.

Pensando nisso, trouxemos neste artigo uma forma mais didática e resumida de exemplificar as funcionalidades das redes de esgoto, que vão além do tratamento. Descubra também quais são os tipos de redes de esgoto e como tratá-las da forma adequada e sustentável. Afinal de contas, assim como os esgotos, os tratamentos também são variados.

Quais são os tipos de redes esgoto?

  • Esgoto Doméstico: aquele produzido em casa, por meio dos banhos, vaso sanitário, pias e tanques;
  • Esgoto Pluvial: advindo das chuvas e que carrega todo resíduo sólido presente nas ruas e calçadas;
  • Esgoto Industrial: proveniente das corporações industriais e que demanda um tratamento específico antes de voltar a ter contato com o meio ambiente.

Tipos de tratamento

O dejeto de um esgoto não tratado reflete diretamente em mares e rios – destinação final desses esgotos. A má gestão desse processo desencadeia danos irreparáveis ao meio ambiente, como a morte e intoxicação de peixes, destruição da flora local, enchentes e refluxos.

Além das diferenças dos tipos de redes de esgoto, há outras diferenças no tipo de tratamento. Atualmente, os esgotos são tratados de três maneiras diferentes pelo mundo todo. São elas:

  • Sistema Misto: consiste na recepção do esgoto sanitário – produzido na superfície – e parte das águas pluviais – proveniente das chuvas;
  • Sistema Unitário ou Único: é a coleta do esgoto proveniente das casas, das chuvas (pluvial) e industrial. Nele, o esgoto é processado em um único coletor;
  • Sistema Separado: diferente do unitário, este sistema faz o tratamento do esgoto doméstico separadamente do industrial. É o modelo adotado no Brasil atualmente.

O esgoto é composto majoritariamente por água. Outros componentes estão diretamente relacionados à forma de uso dessa água, clima local, relações sociais da comunidade, indústrias vizinhas, etc. Esgotos domésticos – mais comuns para a maioria da população – são constituídos por água e uma quantidade ínfima (média de 0,01%) de sólidos.

Uma das maiores causas de entupimento de esgotos é o descarte inapropriado de sólidos. Alguns produtos são jogados descarga abaixo e, consequentemente, caem na rede de esgoto, a qual não possui sistema de escoamento para tais resíduos. Uma boa dica para manutenção dos diferentes tipos de redes de esgoto é jogar água quente com sabão neutro com frequência. Dessa forma, a gordura acumulada se dissolve na solução usada.

Ainda assim, a melhor opção é recorrer a uma empresa de confiança e que realiza todos os processos da forma correta e eficaz, sem prejuízos futuros. Algumas ações amadoras podem prejudicar ainda mais as redes de esgoto e seu devido tratamento.

Desentupidora Kazumi é destaque no mercado

Há mais de 30 anos no mercado, a desentupidora Kazumi nasceu com o propósito de levar qualidade de vida e bem-estar aos clientes, oferecendo o melhor dos serviços em desentupimento de esgotos. Entre em contato conosco para mais soluções e cases de sucesso.

Leia mais

Olá!

Gostaria de receber uma ligação?

NÓS TE LIGAMOS Informe seu telefone que entraremos em contato o mais rápido possível.
Gostaria de agendar e receber uma chamada em outro horário?
Deixe sua mensagem! Entraremos em contato o mais rápido possível.
11 4750-1346